quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Em Loriga, onde a paisagem convida

Noutra altura do ano, desta vez em Loriga, ao anoitecer. Lá onde a paisagem convida, num misto de imponência e deslumbramento, como só naquela vila do concelho de Seia, qual "Suiça Portuguesa", se pode desfrutar.

13 comentários:

Anónimo disse...

Desta paisagem de Loriga gostei, Seia, sò, tem passagens, a seguir pode sêr Sazes ou a Cabeça. Bom Ano

Anónimo disse...

Parabéns pelo Blogue, sem dúvida um exito,como tudo o que fazes.ÉS O MAIOR LÍDER.

Anónimo disse...

infelizmente que Loriga é só paisagem

Anónimo disse...

de facto é verdade, é só paisagem: então o Pina Moura não faz nada.

Ropheka disse...

NICE Blog :)

HAPPY NEW YEAR :)

Anónimo disse...

Sr. MJB porque nao cria um forum para as pessoas dizerem o que pensam? no porta da estrela tem forum mas o jornal é um pastel

MJB disse...

Meu caro anónimo
Aqui as pessoas podem dizer o que pensam, quer neste tipo de comentários, quer enviando-me para o meu e-mail pessoal.
Aqui cabe qualquer tipo de ideias, opiniões e críticas. Menos insultos.
Estou por isso ao seu dispor e dos leitores do blogue em geral. Acredite que tenho recebido alguns assuntos reservados, que guardo para mim, o que também não deixa de ser interessante. Afinal, estou na política para ajudar e dentro das minhas limitações é o que tento fazer. O mundo moderno é assim, apela cada vez mais á participação e as democracias participadas têm muitas virtudes.

Anónimo disse...

então MJB. Ponha os olhos nos post do jt.sobre a comunicação social.você diz que está na política para ajudar o que tem que sêr feito,relmente é uma maneira das pessoas serem conhecidas, e também para se ganhar bons ordenados, por amor á camisola ninguém trabalha, não é verdade. Bom Ano.

Antonio Fernandes Pina disse...

Loriga ainda é hoje uma terra de oportunidades.
A sua beleza natural e as suas gentes fazem dela a melhor vila de Portugal.
Não podemos esquecer que milhares de emigrantes Loriguenses estão espalhados por todo o mundo ansiosos por regressar à sua terra natal. Uma grande parte dos Sacavanenses são Loriguenses e estes também regressarão se tiverem oportunidade para tal.
É preciso encontrar o equilíbrio necessário e investir em locais que ainda hoje se encontram como há cem anos atrás - terrenos completamente virgens.
Loriga tem potencialidades para a curto prazo ter mais de 5000 habitantes.
Acredito que o Senhor Engenheiro Belmiro de Azevedo descobre aquela terra não deixará de lá investir.

Antonio Fernandes Pina disse...

Loriga ainda é hoje uma terra de oportunidades.
A sua beleza natural e as suas gentes fazem dela a melhor vila de Portugal.
Não podemos esquecer que milhares de emigrantes Loriguenses estão espalhados por todo o mundo ansiosos por regressar à sua terra natal. Uma grande parte dos Sacavanenses são Loriguenses e estes também regressarão se tiverem oportunidade para tal.
É preciso encontrar o equilíbrio necessário e investir em locais que ainda hoje se encontram como há cem anos atrás - terrenos completamente virgens.
Loriga tem potencialidades para a curto prazo ter mais de 5000 habitantes.
Acredito que o Senhor Engenheiro Belmiro de Azevedo descobre aquela terra não deixará de lá investir.

Anónimo disse...

Muito sinceramente surpreende este "post" por parte do senhor JMB em relação a grande Loriga, espero que nao tenha segundas intenções, não o vendo como opurtunista, sei que é daquelas pessoas que não nutre especial carinho por Loriga e vá-se la saber porque... Mas acredite se há alguma vila com qualidade natural e humana no nosso conselho é sem duvida loriga, pena é que ninguem a explora, mas pode ser que esse dia chegue!

Anónimo disse...

perdoe-me o lapso, MJB!

Anónimo disse...

pode sêr que loriga daqui a uns anos passe a cidade, e seia fique no que lhe é devido,vila ou freguesia. Se antigamente viviam duas e três familias dentro de uma casa, se os emigrantes de Sacavém regressarem tem de se fazêr uma favela pela serra a cima.