terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Soraia Chaves no seu melhor

Soraia Chaves depois de ter dado nas vistas em "O Crime do Padre Amaro", volta a sobressair, desta vez no filme “Call Girl”. Um filme potente onde a actriz, bela e sensual se expõe por inteiro, numa história que gira também ela á volta da corrupção.
Lauro António no seu blogue refere que depois de “Corrupção” e de “Call Girl”, o negócio da corrupção não vai tão cedo desaparecer do cinema nacional. Após a exploração dos “faits divers” no “vende-vende” dos jornais e na televisão, chegou a vez do cinema. A ameaça de uma longa fornada está eminente.

2 comentários:

Anónimo disse...

não haja duvida é, um bélo post. pode sêr que os velhos acordem.

Ricardo Herdeiro disse...

mais um pequeno tema da nossa actualidade do "disse que disse", parabéns é ao cinama nacional