segunda-feira, 12 de maio de 2008

Centro de Interpretação de Arte Rupestre de Vide

No passado Sábado foi inaugurado o Centro de Interpretação de Arte Rupestre de Vide, uma iniciativa que resulta da parceria entre a Associação Portuguesa de Arqueologia (APIA) e da Junta de Freguesia de Vide. Esta estrutura orçada em cerca de 300 mil euros acolherá uma exposição permanente dedicada à Arte Rupestre dos Rios Alva e Ceira. Ao longo de investigações realizadas desde 1998 foram catalogadas 500 lajes nos concelhos de Seia, Góis, Arganil, Oliveira do Hospital e Covilhã.
No Centro de Interpretação funcionará um laboratório de Pré-história que continuará a estudar a arte rupestre da região.
Estão de parabéns os responsáveis da APIA e da Junta de Freguesia de Vide. São iniciativas como estas que ajudam o concelho a progredir.
Parabéns.

2 comentários:

Rita Saraiva disse...

Como aluna de Arqueologia,e habitante de Seia ver organismos deste género serem implementados no concelho dá sinais muito animadores de evolução cultural. Sinal que o nosso concelho é rico a nivel arqueologico e muito ainda há pra descobrir. Parabéns pelo blog...

Antonio Fernandes Pina disse...

Estou contente, mesmo, pela obra que a Junta de Freguesia da Vide apresenta ao Concelho, ao Distrito, às Beiras e ao País.
Os meus sinceros parabéns.
Apresento ao Senhores Presidentes da Assembleia e Junta, aos Senhores Membros da Assembleia e Executivo da Vide os melhores cumprimentos.
Assina: António Fernandes Pina