segunda-feira, 4 de maio de 2009

Ainda a falta do PSD às contas da Câmara

A agenda política de Seia tem sido marcada nos últimos dias pelo alarido que o PSD fez sobre a ausência dos seus Vereadores na votação das contas do município relativamente a 2008.

Com tanto assunto para resolver, os sociais-democratas entretêm-se com isto. Foi na Câmara, com os Vereadores a enredarem-se em explicações e ataques, quando se soube que afinal Nuno Vaz já tinha dito que faltava à reunião, antes de ter a grave notícia da morte de seu pai. Ou quando Luis Caetano vai de férias numa altura em que sabe que as contas têm de ser votadas. Ainda para mais, sendo Caetano o candidato à Câmara.

Depois e como se não bastasse, ainda vai Nuno Almeida para a assembleia Municipal, em tom enfadonho e desproporcionado, tomando como suas as dores dos Vereadores, a criticar os socialistas, que não fizeram mais do que a sua obrigação. Trabalho. Mau de mais e a dar razão a Eduardo Brito quando diz que a política não está para amadores.

Verdadeira oposição tem feio o Jornal Porta da Estrela através das suas recentes manchetes, como acusou na altura o Presidente da Câmara. E porque será? Perguntamos nós!
E assim vai a politica em Seia a dois dias das eleições. E isto não é dizer mal, que eu dou-me com todas as pessoas que citei. Ficamos é todos muito preocupados por ver o PSD tão mal, tão mal, por não cumprir o papel que lhe cabe enquanto oposição, comprometendo uma função indispensável e necessária à democracia local.
Algumas pessoas do PSD pensam que fazer política é mandar mensagens para o Forum do PE ou vir votar massivamente na sondagem eleitoral que está a decorrer aqui no blogue.

9 comentários:

Chico disse...

O número 1, 2 e 3 do Artigo 62º. e alínea n) do Artigo 68º. da Lei 5-A/2002, de ll de Janeiro são bastante claros e não deixam quaisquer dúvidas.
Uma matéria tão importante como esta deveria ter um tratamento adequado.


Assina. António Fernandes Pina.

Chico disse...

O número 1, 2 e 3 do Artigo 62º. e alínea n) do Artigo 68º. da Lei 5-A/2002, de ll de Janeiro são bastante claros e não deixam quaisquer dúvidas.
Uma matéria tão importante como esta deveria ter um tratamento adequado.


Assina. António Fernandes Pina.

Anónimo disse...

Não me diga que acredita que as pessoas que mandam mensagens para o fórum do porta da estrela identificadas como do PSD saibam realmente alguma coisa do que lá se passa? Ou pelo menos do que o Luis Caetano tem em mente?
Desculpe-me mas isso é ser anjinho e igual a eles.
Quanto ás sessões basta saber como foram marcadas todas as outras nos anos anteriores e esta. Você que até é uma pessoa bem informada é capaz de descobrir.
E vê-se o porquê do mesmo. Para depois virem com esta da política não está para amadores.
A estratégia está montada e é por de mais evidente, vamos ver é qual é a do Luis Caetano.

Anónimo disse...

o chico esperto não sabe que a lei 169/99 de 18 de Setembro é que CONTÉM as alterações introduzidas pela 5-A/2002... e portanto esta é que deve ser invocada e não aquela que produziu a sua alteração.
èo o que se faz para as introduções na Lei Fundamental sobre a Constituição da República?
Isto é, o art. 62º. manteve-se inalterado.
Basta ler o art. 1º. da Lei citada pelo ilustre chico.

Chico disse...

Eu entendi perfeitamente a sua resposta.
Sou "chico esperto" mas não sou parvo.
Aquilo que o Senhor quis dizer é que as contas de gerência são apresentadas em qualquer reunião semanal ou quinzenal. A verdade é que uma matéria tão importante como esta deveria ter um tratamento adequado.
Eu consulto a Lei 5-A/2002, de 11 de JAN e invoco-a.
Sou simpatizante e voto no PARTIDO SOCIALISTA mas não me deixo enganar, nem jogo à cabra-cega.
Se me quiser responder agradeço que se identifique e se for nacessário estarei disposto a discutir consigo em qualquer lugar este e outros assuntos.
E agradeço também que não me ofenda jamais.
Tenho 60 anos e não lhe admito insultos, já que eu não ofendi nem ofendo ninguém.
No Blogue do Senhor Dr. M.J.B. escreverei sempre o que vai na alma e não aquilo que os outros gostariam que eu fizesse - paz podre.


Com os melhores cumprimentos


Assina: António Fernandes Pina.

seia.portugal disse...

Gostaria de apelar à boa educação no trato com as pessoas que participam nos debates que por aqui vão ocorrendo, sobretudo para com as pessoas que se identificam como é o caso do senhor António Fernandes Pina, pessoa por quem tenho estima e consideração pessoal. Pessoa que tem demonstrado estar atento às questões do desenvolvimento de Seia e se tem pautado pelo respeito em relação aos outros, mesmo quando as ideias não são coincidentes, porque nem sempre temos de pensar da mesma maneira.
MJB

Antonio Fernandes Pina disse...

A lei nº. 169/99, de 18SSET foi alterada e republicada pela Lei nº. 5-A/2002, de 11JAN. Concordo que invocar uma ou outra não é por aí que não se cumpre a Lei. A verdade é que a Lei 5-A/2002 produziu alterações que foram introduzidas nesta Lei que eu invoco, mas que não obriga a que seja assim, as duas têm o seu valor na Internet, a não existir, diríamos que a 5-A/2002 é que estava em vigor. Eu felizmente li muitos D.G. e D.R. e hoje consulto a Internet. Eu tenho a certeza que evoluí.
E agora gostaria de lembrar a seguinte frase: "Existem três cachorros perigosos: a ingratidão, a soberba e a inveja quando mordem deixam uma ferida profunda" (LUTERO).

Anónimo disse...

e logo Lutero que foi um carniceiro anti-semita, um mata-frades.
irra, que calibre!
que estranha citação!
por acaso Lutero vem no código do IRS?

Antonio Fernandes Pina disse...

Eu ao contrário do Senhor defendo a Paz e condeno o anti-semitismo, mas também condeno os ataques ao Povo Palestiniano onde crianças, idosos, homens e mulheres indefesas são brutalmente assassinadas com a complacência do Senhor que nunca se pronunciou nem o vai fazer porque tem medo de falar com dignidade. E também condeno a invasão do Iraque coisa que o Senhor nunca fez e que causou milhares e milhares de mortes, bem pelo contrário, ria-se em frente ao écran de televisão. Tenha vergonha seu lacaio e cobarde.
O Senhor e o seu Chefe não me calam! Vão ter-me à perna hoje e sempre fique sabendo.
O Código do IRS é demasiado importante para si. Tenho a certeza que nunca o viu e que nem sequer conhece o significado das três letras. Tenha vergonha fale do que sabe. Vá à Internet e aprenda o código da boa educação que lhe está a fazer imensa falta antes que tenha um grande dissabor.
E já agora aprenda mais esta frase:"Os cobardes sentem medo sem reconhecer o perigo".

Assina sem medo e com coragem:

António Fernandes Pina.