quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Notícias de algum tempo atrás.... em Seia (11)

A Tesouraria da Câmara de Seia COMPRA RATOS

A comissão Municipal de Seia ( que tomou conta da Câmara após a implantação da República) em prol do fomento da salubridade colectiva decidiu empreender uma guerra contra os ratos. Assim incumbiu a Câmara Municipal de Seia de promover a desratização. Uma das medidas foi instituir o prémio de 10 réis por cada rato colhido no concelho e apresentado na Tesouraria.
Só que tal medida veio a ser revogada pois a campanha teve tal sucesso, que do dia 4 Dezembro a 23 do mesmo mês, foram apresentados na Tesouraria cerca de quatro mil ratos, ficando muito dispendioso no orçamento geral da Câmara.

E assim os problemas de limpeza desta vila continuaram.

Filomena Correia de Carvalho

Vide: C/B de 03 de Novembro de 1910
Actas de Sessão de C.M. de 02/12/1910

4 comentários:

João Carreira disse...

Caro Mário Jorge Branquinho,

...Mudam-se os tempos, mudam-se as necessidades...

São bantante interessantes estes registos históricos, bem como a sua notória atenção e carinho para com as localidades do concelho e não só...

Da minha parte devo-lhe um especial agradecimento pela publicidade e pelo comentário simpático e amigo sobre o meu blogue.
Perdoe o atraso do mesmo e saiba que quase diariamente passo por aqui, mesmo que por escassez de tempo não comente. Falta que espero colmatar mais frequentemente.

Votos de um Excelente Fim-de-Semana.

Com estima e admiração,

João

Eduardo disse...

Fiquei feliz em descobrir seu blog. Eu, nascido em São Romão, desde 1954 no Rio de Janeiro, te desejo muita saude para continuar seu trabalho na defesa da cultura e do povo de nossa terra. Conte comigo para alguma ajuda por estas terras do outro lado do Atlantico.  edureis.rj@uol.com.br. Um abraço . Eduardo Reis.

Anónimo disse...

Caçaram os ratos mas ficaram as ratazanas,continua tudo na mesma.

seia.portugal disse...

Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "Notícias de algum tempo atrás.... em Seia (11)":


Agadecimento e saudações ao João Carreira, de Loriga a morar na Grande Lisboa, pela atenção e simpatia. Abraço de amizade a Eduardo Reis, de São Romão a residir no Rio de Janeiro (Brasil) e votos de felicidades.
Por cá faremos o que podermos, até suportar anónimos.
Seia precisa de todos, porque todos juntos, nós podemos! Menos os anónimos.
Mário Jorge Branquinho